Quem não foi perdeu, Se a prova de 2010 foi boa, a de 2011 foi muito melhor…

Quem não foi perdeu, Se a prova de 2010 foi boa, a de 2011 foi muito melhor…

Quem não foi perdeu.

Se a prova de 2010 foi boa, a de 2011 foi muito melhor.

Os organizadores do Enduro dos Ipês, em Lavras/MG conseguiram se superar e realizaram uma prova que vai deixar todos os participantes com ótimas lembranças e com a vontade de voltar lá sempre.

Trilhas fantásticas, roteiro incrível, balaios bem feitos, pegadinhas idem. A média estava um pouco puxada, principalmente no primeiro dia, mas nada que atrapalhasse a prova. E se a média estava puxada, a atenção ao roteiro era fundamental. Quem tentou andar demais e não se concentrou perdeu pontos importantes no roteiro.

No primeiro dia a prova teve muitas trilhas, os pilotos praticamente não transitavam por estradas. Muitos degraus, pedras, sufôcos na dose certa, muitos balaios e muitas pegadinhas. Na mesma hora que tinha muita gente rezando pra prova acabar, também tinha muitos curtindo demais as trilhas fantásticas. O primeiro dia de prova por si só já valeu a viagem para Lavras.

O segundo dia foi mais curto, pouco mais de 3 horas de prova, mas sem neutralizado principal, os pilotos acelerando direto. Foi o dia dos subidões e descidões, conforme já havia sido anunciado pela organização. O Morro do Chinha deixou muito piloto esparramado ao longo da grande e íngreme subida. E depois na prova ainda haviam muitas subidas e descidas. Devido às fortes chuvas que caíram ao longo da semana na cidade, a organização resolveu cortar um pequeno trecho da prova onde havia um atoleiro, que poderia atrapalhar a vida dos pilotos. Mesmo assim os pilotos ainda enfrentaram alguns trechos com bastante lama no percurso.

Enfim, mais uma vez o Enduro dos Ipês foi excelente, tanto em relação à organização quanto às trilhas fantásticas, com a dose certa de sufocos, trilhas, balaios, pedras, lama, etc…

A chegada foi no Lavras Shopping, onde aconteceu o já tradicional teste de “Non Stop”. O resultado saiu às 2 da tarde e a premiação aconteceu às 3 horas.

 

Texto: Janjão Santiago.

www.supertrilha.com.br

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.